Levando Uma Vida de Cão na Espanha?


Todo brasileiro que eu já conhecí aqui na Espanha, mais cedo ou mais tarde, acaba citando a frase:

"Rapadura é doce, mas não é mole não!" 

Então isso significa que levamos aqui uma Vida de Cão?
A resposta é definitivamente NÃO!

Madri é uma das cidades mais cosmopolita do mundo e como não podia ser diferente, conta com uma ótima infra-estrutura ( pra tudo! ).

A maioria das pessoas moram em apartamentos, grandes, pequenos, velhos, divididos... Enfim, de todos o tipos e tamanhos... menos em casas, morar em casa aqui é um luxo! E o tipo de construção é sempre mais ou menos assim:


Mas nem assim, as pessoas aqui se cortam na hora de ter um animalzinho de estimação! E o mais comum é o cachorro ou o Cão. Então, nada mais justo do que mostrar ( um pouquinho ) de como é a Vida de Cão aqui na Espanha. Sem exageros!

Eu não sei a porcentagem exata e nem vou arriscar! Mas eu alucino ( fico impresionada ) com a quantidade de gente que eu vejo com seu cachorrinho (e as vezes nem tão inho) na rua!

Eles têm o costume de todos os días, faça chuva ou faça sol,  de sair para passeiar o bichinho na rua, no mínimo 2 vezes por dia, (de manhã: na primeira hora e pela noite) para que eles ("os bixinhos") possam fazer suas necessidades... como é lógico!

Até aí normal... o grande detalhe aqui é que os donos são obrigados a recolher o cocô do seu amiguinho animal! Se não fazem, recebem uma multa, que vai de 30 a 300€.
E, para evitar as desculpas esfarrapadas, existem, por toda a cidade cestos de lixo que dispõem (em teoria) de saquinhos de plástico de forma gratuita.  Se ó dono não tem ou esqueceu... pronto! Não tem desculpas!
Outra coisa, essa já é menos comum (que eu acho hilário) e que tem aqui no meu bairro, (que é um bairro mais residencial e está a mais ou menos 20min do centro) são os parques para os cachorros. Do mesmo jeito que as crianças têm um parque para brincar e canhorro não pode entrar! Então tem também um exclusivo só pra eles. Já que a maioria das pessoas (no caso do meu bairro todas!) moram em apartamentos e as pobres criaturas não podem andar soltas pelas ruas.... Então o parque, realmente é tudo o que há!
E como é muito forte a cultura do 'Faça Você Mesmo', (eles preferem fazer tudo eles mesmo, em último caso pensam em pagar a alguém, ja que a mão de obra aqui é muito cara), então toda a famila participa na hora de dar os passeinhos, se reversam para sair com o animal.

Mas é claro, que existem exceções! E pras exceções existem os "passeadores de cachorros" profissionais! Geralmente são estudantes ou aposentados.

A verdade seja dita! Aqui, eles são muito bem tratados! Desde os PetShops, Veterinários que frequentam, comida e até roupinhas! Ah! Isso das roupinhas, pra mim antes, era uma coisa que eu achava muito de "Madame"! Mas hoje em dia, já ascimilei! (o frio que faz aqui é de matar!) 

E agora a pergunta que não quer calar:  o que foi que você achou dessa Vida de Cão?

1 comentários

  1. De 30 a 300 euros a multa do cocozinho? Como é o critério: quantidade, tamanho...? hehehehe...

    ResponderExcluir